Este site usa cookies para analisar o tráfego e para personalização de anúncios. Ao continuar a navegar neste site, você indica que aceita o uso de cookies. Para mais informações visite nossa Política de Privacidade.

Como avaliar sua ideia de negócio?

Você precisa avaliar sua ideia de negócio de forma muito crítica
Antes de começar a gastar seus milhões de dólares imaginários, no entanto, você precisa avaliar sua ideia de negócio de forma muito crítica e completa.

Você está cansado de trabalhar por uma hora de trabalho e quer ser seu próprio patrão? Você acredita que tem uma ideia criativa e inteligente para um produto ou serviço que não está sendo servido por nenhuma empresa existente? Você pode ter apenas uma ideia para um novo negócio de sucesso. Antes de começar a gastar seus milhões de dólares imaginários, no entanto, você precisa avaliar sua ideia de negócio de forma muito crítica e completa. Você precisa determinar a quem atenderá e quais são as necessidades de sua nova ideia de negócio. Você também precisa examinar uma ampla gama de questões financeiras.

Parte 1 de 4: identificando a necessidade de seu negócio

  1. 1
    Reveja sua declaração de missão. Uma empresa de sucesso deve se basear em uma declaração de missão claramente formulada. Uma declaração de missão é geralmente breve, não mais do que uma ou duas frases, que declara claramente o propósito do negócio. Se você tem uma ideia de negócio forte, sua declaração de missão deve refletir o seguinte:
    • Quem é sua empresa. Você deve explicar o que defende e por que faz o que faz.
    • Quem são seus clientes-alvo e o que você tem a oferecer a eles.
    • Os problemas ou necessidades que sua empresa atende.
    • O tipo de ambiente de trabalho que você oferece aos seus funcionários.
    DICA DE ESPECIALISTA

    O ideal seria que uma ideia resolvesse um ponto problemático, sejam os pontos fracos do empreendedor ou os pontos fracos ou de outra pessoa.

  2. 2
    Examine sua base de clientes. Depois de ter uma ideia para um negócio, você precisa considerar quem fará uso dos serviços ou produtos que pretende fornecer. Não basta apenas ter uma ideia de negócio. Você precisa saber que sua empresa terá clientes e você precisa ser capaz de identificá-los.
    • Uma maneira de esclarecer sua base de clientes é realizar pesquisas de necessidades. Você pode contratar um analista de mercado profissional para conduzir uma ampla pesquisa, seja online ou por correio. Ou você pode escolher um caminho muito mais barato e conduzir você mesmo algumas pesquisas orais, apenas abordando as pessoas em um shopping, supermercado ou estação de trem. Sempre que as pessoas tendem a se reunir, você pode fazer algumas perguntas pontuais como: "Se houvesse uma nova loja oferecendo videogames personalizados, você compraria isso?"
    • Depois de conduzir uma pesquisa de mercado, analise os resultados e reconsidere a força de sua ideia de negócio. Se os resultados da sua pesquisa não mostrarem que existe um mercado para apoiar o seu negócio, pode ser necessário revisar sua ideia.
  3. 3
    Cuidado com a semelhança com as empresas existentes. Para obter os melhores resultados, sua ideia de negócio deve ser algo novo, criativo ou original. Se for um produto familiar, talvez você tenha definido uma nova maneira de fornecer suporte ao cliente. Ou talvez você tenha um novo produto que é uma melhoria em relação a tudo o que está disponível atualmente. Identifique o que torna seu negócio único e planeje se concentrar nisso em seu marketing.
  4. 4
    Avalie suas necessidades de localização. Para alguns tipos de negócios, a localização pode não ser importante. Se você fornece um serviço profissional para outras empresas, por exemplo, pode ser capaz de fazer isso de qualquer lugar. Por outro lado, a maioria dos restaurantes ou lojas de varejo dependem fortemente do acesso e da visibilidade do cliente.
    • Você pode não precisar desenvolver algo completamente novo, se encontrar um local onde a necessidade seja forte. Por exemplo, as franquias funcionam repetindo negócios comprovados em novos locais. Se um determinado bairro ainda não tiver uma Starbucks, por exemplo, você pode se mudar com essa franquia comprovada. Ou morar com seu próprio estilo de cafeteria, se achar que o local precisa.
Quais são as necessidades de sua nova ideia de negócio
Você precisa determinar a quem atenderá e quais são as necessidades de sua nova ideia de negócio.

Parte 2 de 4: conduzindo uma análise de mercado

  1. 1
    Identifique sua base de clientes em potencial. Uma boa análise de mercado o ajuda a avaliar a força de seu negócio examinando sua base de clientes em potencial. Você deve examinar não apenas as pessoas que atualmente usam o produto ou serviço em questão, mas também um grupo mais amplo de pessoas que você pode alcançar.
    • Ao definir sua base de clientes para a análise de mercado, você deve ter a mente o mais aberta possível. Expanda sua visão de quem sua empresa pode alcançar. Use a análise de mercado para ajudar a identificar as necessidades de publicidade.
    • Por exemplo, suponha que você tenha uma ideia para algum novo equipamento esportivo. Seus primeiros pensamentos para os clientes podem ser adolescentes ou adultos jovens e ativos. No entanto, você deve expandir seu pensamento e considerar como pode fazer o marketing para clientes mais velhos e incentivá-los a se exercitar mais.
  2. 2
    Analise a tendência do mercado. Você precisa examinar se o mercado para seu produto ou serviço está aumentando, diminuindo ou estável. Observe as vendas ou contratos de outras empresas semelhantes nos últimos seis a doze meses. Seus resultados podem fornecer alguma indicação do que você pode esperar.
    • Ao avaliar sua nova ideia de negócio, você deve desconsiderar os resultados que analisa de outras empresas. Espere que seu novo negócio tenha custos iniciais e outras despesas que tornarão seus resultados menos positivos do que os de uma empresa existente.
  3. 3
    Visite a câmara de comércio local. A câmara de comércio possui recursos para ajudá-lo a avaliar a potencial força do seu negócio. Você deve ser capaz de obter informações sobre os mercados locais, tendências populacionais para cima ou para baixo, grupos de idade e dados demográficos e contatos em tipos de negócios semelhantes.
    • Por exemplo, sua câmara de comércio local pode ter reuniões periódicas de rede de proprietários de negócios locais. Você pode usar essas reuniões para conversar com outras pessoas em negócios semelhantes, aprender sobre a comunidade e obter alguns insights sobre como seu negócio pode se sair bem. Negócios implicam competição, mas você também pode receber muito apoio de pessoas que não estão em competição direta com sua nova ideia.
  4. 4
    Reveja as estatísticas governamentais disponíveis. Você pode obter informações sobre sua base de clientes em potencial nas estatísticas do censo, relatórios de trabalho e outras fontes governamentais. Uma boa fonte para essas informações é www.census.gov. Esta fonte combina informações de várias agências governamentais. Você pode pesquisar com base em sua localização ou dados demográficos escolhidos.
    • No site do Census Bureau, por exemplo, você pode encontrar tabelas de dados projetadas especificamente para ajudar as empresas norte-americanas, incluindo dados sobre taxas de natalidade e mortalidade, emprego e desemprego, e outras figuras importantes.
Se você tem uma ideia de negócio forte
Se você tem uma ideia de negócio forte, sua declaração de missão deve refletir o seguinte: Quem é sua empresa.

Parte 3 de 4: previsão do sucesso financeiro

  1. 1
    Analise a participação de mercado. Como parte de sua análise de mercado, você precisa medir a participação de mercado. Considere as vendas totais, em sua área, e quais empresas estão atendendo à necessidade atual. Você espera tirar clientes dessas empresas existentes? Se sim, como você fará isso? Por outro lado, se você está começando algo completamente novo, talvez esteja criando sua própria participação no mercado.
    • Você pode encontrar informações sobre o mercado atual e as vendas de outras empresas pesquisando os registros corporativos na secretaria de estado. Estes são documentos públicos. Você pode acessá-los online ou pode precisar fazer uma solicitação pessoalmente.
  2. 2
    Liste seus custos iniciais. Você precisa considerar quais materiais e equipamentos você precisa para seu novo negócio começar. Se você deseja abrir uma pizzaria, precisará comprar ou alugar equipamentos de cozinha, fornos, fritadeiras e outras ferramentas semelhantes. Se você estiver prestando um serviço comercial, precisará de móveis, copiadoras, impressoras, computadores e assim por diante. Imagine uma sala em branco e vazia e anote tudo o que você precisa para que pareça o negócio dos seus sonhos.
  3. 3
    Analise suas despesas imobiliárias. Você precisa contabilizar os custos de aluguel ou compra de seu site comercial. Você planeja alugar um local na frente de uma loja ou vai operar um negócio fora de sua casa? A variedade de locais acarretará em custos diferentes. Ao conduzir esse tipo de análise, você pode encontrar certas limitações que o levam a novas direções com sua ideia de negócio.
  4. 4
    Prestar contas de suprimentos e estoque. Conforme o seu negócio progride, você precisará continuar fornecendo os materiais para mantê-lo funcionando. Se você tiver um restaurante, precisará determinar os custos dos suprimentos de alimentação. Se você deseja administrar uma loja de varejo, deverá considerar os custos do estoque que deseja vender. Esses custos irão necessariamente impulsionar seus preços de venda. Ao avaliar sua ideia de negócio, você precisa saber de onde virão seus suprimentos e como eles controlarão suas vendas.
  5. 5
    Examine sua necessidade de funcionários. Ao transformar sua ideia geral de um novo negócio em mais realidade, você precisa avaliar sua necessidade de funcionários. Quantos você precisa? Quanto custarão? Lembre-se de salários e benefícios que podem ser esperados.
  6. 6
    Considere os prós e os contras dos investidores. A menos que você tenha um suprimento de dinheiro disponível para usar no negócio, provavelmente precisará de uma fonte de financiamento. Você pode solicitar empréstimos comerciais, mas será responsável por reembolsá-los. Uma alternativa é buscar investidores financeiros. Com os investidores, no entanto, você pode estar abrindo mão de parte do controle da empresa.
Ao avaliar sua ideia de negócio
Ao avaliar sua ideia de negócio, você precisa saber de onde virão seus suprimentos e como eles controlarão suas vendas.

Parte 4 de 4: medindo seu envolvimento pessoal

  1. 1
    Escolha algo que você ama. Para que sua empresa seja bem-sucedida, você precisa planejar investir muito tempo (e provavelmente dinheiro) nela. Deve ser algo que você realmente ame e com o qual se comprometerá de todo o coração.
    • A Federação Nacional de Empresas Independentes (NFIB) estima que apenas 40% de todas as pequenas empresas são lucrativas e outros 30% apenas atingem o ponto de equilíbrio. Percebendo isso, você precisa estar pronto para se dedicar totalmente ao negócio.
  2. 2
    Decida quanto tempo você deseja investir. Alguns novos negócios podem ser apenas investimentos financeiros, enquanto outros podem representar um estilo de vida totalmente novo para você. Você precisa considerar o quão pessoalmente investido você deseja ser. O negócio será aquele que você pretende administrar por conta própria ou você deseja fornecer o financiamento (e a ideia) e deixar outra pessoa fazer o trabalho?
    • Se você planeja fazer o trabalho, seu investimento financeiro pode ser menor, mas seu comprometimento de tempo será maior. Você precisa decidir por si mesmo o que é mais importante para você.
  3. 3
    Considere a dificuldade de implementar sua ideia. Amar sua ideia não será suficiente. Você precisa pensar de maneira muito prática sobre a implementação real e os problemas que pode enfrentar. É natural focar nas coisas boas da sua ideia e sonhar com os sucessos que podem vir. No entanto, ao avaliar uma nova ideia de negócio, você precisa se concentrar mais nos possíveis pontos negativos.
    • Em particular, avalie os custos, os requisitos regulamentares, questões de emprego e pessoal, marketing e transporte. Resumindo, você deve tentar fazer um brainstorm de tudo que pode dar errado e desenvolver uma resposta ou um plano.
  4. 4
    Seja crítico quanto ao conjunto de habilidades necessário. Concentre-se em seus pontos fortes e identifique seus pontos fracos. Ao observar seus próprios pontos fortes e fracos, você pode avaliar algumas das necessidades de contratação que enfrentará.
    • Por exemplo, se você tiver uma ideia criativa para um novo restaurante temático que você acha que terá sucesso, pode ser um problema se você não for um bom cozinheiro. Você ainda pode administrar aquele restaurante, por exemplo, mas perceba que terá que contratar um chef confiável e confiável para ajudá-lo.
Aviso Legal O conteúdo deste artigo é para sua informação geral e não se destina a ser um substituto para consultoria jurídica profissional ou financeira. Além disso, não se destina a ser invocado pelos usuários na tomada de quaisquer decisões de investimento.
Artigos relacionados
  1. Como avançar em sua carreira principal com um negócio paralelo?
  2. Como criar uma marca com capital limitado?
  3. Como nomear sua empresa?
  4. Como fazer um brainstorm de ideias para pequenas empresas?
  5. Como iniciar um pequeno negócio agrícola?
  6. Como descobrir que tipo de negócio começar?
FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail