Como se defender contra acusações de agressão?

As acusações de agressão podem ser graves, mas com um pouco de preparação, você pode ajudar a se defender. Se você está sendo acusado de agressão, geralmente significa que você agiu de uma forma que fez alguém acreditar que você iria bater ou machucar a pessoa. Se você também estiver sendo carregado com bateria, isso significa que você causou danos corporais. Ao preparar suas defesas, você deve conversar com seu advogado para ver qual é a melhor abordagem. Se você não puder pagar um advogado, o estado indicará um de graça para você. Provavelmente, você precisará contar o que aconteceu de sua perspectiva, falar com testemunhas e fornecer qualquer evidência que o faça parecer mais favorável. Por exemplo, se a outra pessoa começou a briga e uma testemunha viu isso, você pode usar essas informações para ajudá-lo a retirar as acusações. Para saber como se preparar para o seu julgamento, leia mais com nosso coautor de Direito.

Ela estiver me acusando de agressão
O que eu faço se eu expulsar alguém do meu apartamento e ela estiver me acusando de agressão?

Se você está enfrentando acusações de agressão, significa que agiu de tal maneira que alguém acreditou, ou teve medo, que você estava prestes a agredi-lo. Normalmente é carregado junto com a bateria, o que significa que você atingiu alguém. No entanto, é possível ser acusado apenas de agressão, o que significa que você estava prestes a bater em alguém, e talvez até deu um soco nele, mas você nunca acertou. O maior problema é a intenção: você deve ter a intenção de causar dano a alguém para ser culpado de agressão. Suas defesas se dividem em dois grupos principais: ou você argumenta que não cometeu a ofensa, ou argumenta que cometeu a ofensa, mas foi por um bom motivo.

Parte 1 de 3: analisando as acusações

  1. 1
    Aprenda os elementos exatos da ofensa. Como a agressão é definida de maneira diferente em quase todas as jurisdições, descubra quais são os elementos legais para saber o que a acusação terá de provar.
    • Geralmente, a agressão vem antes da bateria. Você agride alguém se o deixa com medo de que em breve irá atacá-lo fisicamente, com a intenção de machucá-lo. Embora pareça uma tentativa de crime, na verdade é um crime completo por si só.
    • Se você estivesse em uma luta, provavelmente seria acusado de agressão e agressão. No entanto, não é incomum que você seja acusado de agressão por si só, por exemplo, se você estava prestes a lutar contra alguém, mas a luta foi interrompida por transeuntes ou agentes da lei.
    • Em qualquer jurisdição, para ser culpado de agressão, o promotor deve demonstrar que você agiu de maneira deliberadamente ameaçadora, o que deu à outra pessoa um medo razoável de dano físico imediato. Esse medo não pode ser resultado de sua reputação geral ou de um evento passado.
  2. 2
    Conte a história de sua perspectiva. Assim que você souber das acusações contra você, pense no incidente e anote tudo da melhor forma possível.
    • Por exemplo, suponha que você esteja em um bar e acidentalmente derrame uma cerveja em outro cliente. Ele fica com raiva e afirma que você fez isso de propósito. Mais tarde naquela noite, você o vê assediando uma jovem e vem em sua defesa. O homem se recusa a recuar e você quase dá um soco nele, mas a segurança intervém e o arrasta para fora.
    • Se esse homem mais tarde acusá-lo de agressão, você tem várias defesas possíveis. Se as acusações de agressão incluem o derramamento de bebida, você obviamente não tem a intenção necessária porque foi um acidente. No segundo incidente, você estava defendendo a jovem. Normalmente, a defesa dos outros também é uma defesa contra agressão.
    • Nessas situações, as defesas cobrem os dois tipos principais de defesa. No primeiro, você está argumentando que não cometeu o crime, porque faltou o elemento da intenção. Você não poderia ter pretendido machucar o cara, porque foi um acidente. No segundo, você admite que cometeu o crime - você tentou agredi-lo com a intenção de machucá-lo - mas foi porque estava vindo em defesa da jovem que ele perseguia.
  3. 3
    Fale com qualquer testemunha. Se mais alguém viu o incidente ou altercação, veja se eles estão dispostos a falar com você sobre isso.
    • Especialmente se você tinha amigos com você quando o incidente ocorreu, converse com eles o mais rápido possível e veja se eles estariam dispostos a testemunhar em seu nome.
    • É importante reunir possíveis testemunhas o mais rápido possível, enquanto as memórias do evento ainda estão relativamente frescas na mente das pessoas.
    A melhor maneira de lutar contra algo tão severo quanto as acusações de agressão é encontrar um advogado
    De longe, a melhor maneira de lutar contra algo tão severo quanto as acusações de agressão é encontrar um advogado.
  4. 4
    Descubra por que as acusações foram feitas. Se possível, converse com amigos ou testemunhas e veja se eles podem fornecer algumas dicas sobre a motivação por trás das acusações.
    • Compreender a motivação da suposta vítima também pode ajudá-lo a formular sua defesa contra as acusações.
    • Você pode até brincar de psicólogo de poltrona um pouco. Voltando ao exemplo anterior, o cara no bar pode querer colocar a culpa em você para diminuir a própria culpa - por ameaçar a jovem ou por beber demais e ficar fora de controle em geral.

Parte 2 de 3: preparando suas defesas

  1. 1
    Compreenda o ônus da prova do promotor. O promotor deve provar que você é culpado além de qualquer dúvida razoável, o que é um padrão muito elevado. Você não precisa provar que não fez nada.
    • Se você foi apenas acusado de agressão, isso torna seu trabalho um pouco mais fácil, porque não houve nenhum dano real.
    • Não importa o que aconteça, você é inocente até que se prove sua culpa. Isso significa que você não agrediu ninguém até que o promotor prove que você o fez. Se houver um mínimo de dúvida razoável sobre a sua culpa, você não pode ser condenado pelo crime.
  2. 2
    Fale com seu advogado. Em qualquer processo criminal, ter um advogado é importante - tão importante que você tenha um advogado garantido pela Constituição.
    • Se você não puder pagar um advogado, o tribunal nomeará um para você quando for indiciado e formalmente acusado do crime. Tenha em mente, entretanto, que se o tribunal examinar suas finanças e decidir que você pode pagar um advogado, você terá que pagar pela sua defesa por conta própria.
    • Independentemente de contratar um advogado ou usar um advogado nomeado pelo tribunal, você deve sempre ter um advogado quando estiver enfrentando acusações criminais.
  3. 3
    Obtenha todas as declarações e outros documentos do promotor. A análise de todas as evidências que o promotor possui do crime o ajudará a encontrar áreas nas quais você possa levantar dúvidas razoáveis.
    • Esta é a parte do processo penal conhecida como descoberta e, como réu, você tem o direito de ver todas as provas que a acusação tem e pretende usar contra você.
    • Ao contrário da televisão, a acusação não pode apresentar provas surpresa sobre você no julgamento.
  4. 4
    Desenvolva sua própria defesa. Analisando a lei e as circunstâncias do seu caso, decida como você vai abordar a defesa e definir sua estratégia geral.
    • Para ser culpado de agressão, o promotor deve provar, além de qualquer dúvida razoável, que você agiu de forma ameaçadora que produziu na suposta vítima o medo de que você fosse causar dano físico e que pretendia causar dano físico.
    • Em alguns casos, você pode se defender provando que um desses elementos não está presente. Por exemplo, se você tem uma reputação de cabeça quente e alguém esbarra em você na rua, ele pode ter medo de que você vá bater nele. No entanto, se você simplesmente sorrir e dizer "com licença", você não cometeu agressão - mesmo que ele estivesse com medo - porque você não fez nenhuma ação ameaçadora naquele momento.
    • Você também pode reivindicar várias defesas afirmativas. Estas são as defesas que reconhecem que você cometeu o crime, mas afirmam que você tinha uma razão legítima para fazê-lo. A legítima defesa é mais comumente levantada por réus acusados de agressão.
    • As defesas afirmativas têm seus próprios elementos. Por exemplo, se você está alegando legítima defesa, você deve mostrar que é mais provável que seja verdade do que não verdadeiro (chamado de preponderância do padrão de evidência) que houve uma ameaça de força ou dano contra você, que você temia estar prestes a ser prejudicado. Há um princípio legal em muitos estados chamado "Stand Your Ground", onde você não é obrigado a recuar de um ataque.
    • No exemplo do bar, você provavelmente não poderia argumentar em legítima defesa, porque iniciou a briga (pelo menos na segunda vez, com a jovem), e você tinha muitos meios de escapar (você não poderia ter ido lá e enfrentado o homem em primeiro lugar).
    • Você pode, no entanto, argumentar que suas ações foram tomadas em defesa de outras pessoas. Embora semelhante à autodefesa, neste caso você tem um medo razoável de ferir outra pessoa. No caso do exemplo, a jovem seria a pessoa que você estava defendendo.
    Se as acusações de agressão incluem o derramamento de bebida
    Se as acusações de agressão incluem o derramamento de bebida, você obviamente não tem a intenção necessária porque foi um acidente.
  5. 5
    Fique longe de problemas enquanto espera pelo julgamento. Pode não ser perceptível que você evitou qualquer outro embate com a lei, mas certamente será perceptível se você for preso novamente nesse ínterim, ou se tiver outras acusações pendentes.

Parte 3 de 3: indo a julgamento

  1. 1
    Comparecer em todas as datas agendadas para o julgamento. Quando você comparecer ao tribunal, certifique-se de chegar a tempo, com roupas profissionais limpas e uma postura calma.
    • Como o crime é agressão, você começa sua defesa sempre parecendo o mais calmo e não ameaçador possível ao comparecer ao tribunal. Não se pavoneie ou aja tenso ou sensível e mantenha um perfil baixo.
    • Seja educado e relativamente suave, falando apenas com o juiz ou com a equipe do tribunal se eles falarem com você primeiro.
  2. 2
    Ouça as testemunhas da acusação. A promotoria apresentará seu caso primeiro. Não interrompa ninguém nem fale diretamente com as testemunhas ou com o promotor.
    • Se você ouvir alguma coisa da qual discorda, faça uma anotação ou mencione isso ao seu advogado para que ela possa questionar a testemunha sobre isso no interrogatório - mas tente ser sutil e não chame atenção indevida para si mesmo ou interrompa o processo.
    • Depois que o promotor chama cada testemunha para o depoimento, seu advogado tem a chance de falar com aquela testemunha quando o promotor terminar de fazer perguntas. Isso é conhecido como interrogatório.
    • Quando seu advogado terminar, o promotor terá a oportunidade de fazer mais algumas perguntas relacionadas ou esclarecer qualquer coisa que a testemunha disse ao seu advogado no interrogatório.
  3. 3
    Apresente suas próprias testemunhas. Depois que o promotor apresentar o caso do estado, você terá a oportunidade de apresentá-lo e ouvir testemunhas que falem sobre o seu lado da história.
    • Tal como acontece com as testemunhas de acusação, o promotor também tem a oportunidade de interrogar suas testemunhas.
  4. 4
    Testifique em seu próprio nome. Se necessário, assuma você mesmo e conte a história do incidente do seu ponto de vista.
    • Às vezes, com acusações de agressão, você pode ser sua maior defesa. A intenção é um elemento importante do ataque e lida com os pensamentos em sua própria cabeça. Você pode ter que tomar uma posição para declarar sob juramento que não tinha intenção de prejudicar a outra pessoa.
    Se você está enfrentando acusações de agressão
    Se você está enfrentando acusações de agressão, significa que agiu de tal maneira que alguém acreditou, ou teve medo, que você estava prestes a agredi-lo.
  5. 5
    Responda às perguntas do promotor. Se você se manifestar, o promotor tem o direito de interrogá-lo.
    • Mantenha suas respostas curtas e objetivas e responda apenas às perguntas feitas diretamente. Por exemplo, se o promotor lhe fizer uma pergunta que possa ser respondida com "sim" ou "não", responda com uma palavra. Não forneça nem forneça mais informações do que as que o promotor solicitar.
  6. 6
    Aceitar ou apelar da sentença final. Depois de a acusação e a defesa terem encerrado os seus casos, o caso irá para o júri ou juiz para deliberação e veredicto final.
    • Mesmo depois que o julgamento terminar, mantenha a calma e aceite o veredicto. Se você for considerado culpado, pode conversar com seu advogado sobre como entrar com um recurso, mas é importante manter uma aparência calma e serena no tribunal.

Perguntas e respostas

  • Como faço para me defender se o incidente envolveu a minha proteção quando alguém estava invadindo minha propriedade?
    Se eles estivessem invadindo e você tivesse que se proteger, você não deveria se defender muito, mas reafirmar o fato do que o invasor fez.
  • Como posso contestar as acusações em uma situação em que a outra parte levantou um problema envolvendo meu filho e então eu bati nele?
    De longe, a melhor maneira de lutar contra algo tão severo quanto as acusações de agressão é encontrar um advogado. Sem saber os detalhes, as pessoas aqui podem apenas falar sobre a situação em geral. É função do advogado ajudar uma pessoa em um caso específico.
  • E se houvesse apenas duas pessoas presentes no momento do alegado incidente?
    A polícia vai decidir em quem acreditar. Pode haver evidências que façam a polícia inclinar-se para uma pessoa em detrimento da outra, ou eles podem ter um preconceito. Explore as evidências e, acima de tudo, seja honesto! Se você cometeu alguma ofensa, mesmo com justa causa, não negue.
Perguntas não respondidas
  • Como a justiça criminal lida com pessoas com autismo?
  • O que eu faço se eu expulsar alguém do meu apartamento e ela estiver me acusando de agressão?
  • Se um menor estiver me atacando e eu precisar afastá-lo, isso conta como legítima defesa?
  • Fui atacado por outra mulher, e um homem interveio para me defender, prendendo-a com um estrangulamento que resultou em hematomas. Ele terá problemas se eu apresentar queixa contra ela?

Comentários (1)

  • kevin95
    O comentário 4 realmente me ajudou. Obrigado pela sua publicação.
Aviso Legal O conteúdo deste artigo é para sua informação geral e não se destina a ser um substituto para consultoria jurídica profissional ou financeira. Além disso, não se destina a ser invocado pelos usuários na tomada de quaisquer decisões de investimento.
Artigos relacionados
  1. Como comprar direitos minerais?
  2. Como se curar do abuso emocional?
  3. Como se recuperar da iluminação a gás?
  4. Como responder à iluminação a gás?
  5. Como prevenir o abuso emocional?
  6. Como emitir um reembolso?
Este site usa cookies para analisar o tráfego e para personalização de anúncios. Ao continuar a navegar neste site, você indica que aceita o uso de cookies. Para mais informações visite nossa Política de Privacidade.
FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail