Como alimentar uma família com um orçamento apertado?

Aproveitar essa perda pode facilmente se traduzir em dinheiro economizado para sua família
Aproveitar essa perda pode facilmente se traduzir em dinheiro economizado para sua família, aumentando seus dólares e criando novos padrões de nutrição, saúde e tempo para a família.

Não importa sua renda, todos nós podemos apertar o cinto quando se trata de alimentar nossas famílias. Globalmente, um terço de todos os alimentos produzidos no mundo se perde ou se desperdiça nos sistemas de produção e consumo de alimentos. Aproveitar essa perda pode facilmente se traduzir em dinheiro economizado para sua família, aumentando seus dólares e criando novos padrões de nutrição, saúde e tempo para a família.

Método 1 de 4: preparação para o sucesso

  1. 1
    Faça uma lista e não compre nada que não esteja na lista. Se você puder, deixe para trás qualquer um que não consiga seguir esta regra.
  2. 2
    Defina um orçamento. Leve apenas dinheiro e deixe seus cartões para trás. Se você tem apenas uma quantia definida, gasta apenas uma determinada quantia. As mercearias esperam que você adicione algumas coisas extras ao seu carrinho; a tentação é uma forma de aumentar facilmente seu lucro. Ter apenas dinheiro o forçará a ficar dentro dos limites de seu orçamento.
  3. 3
    Planeje com antecedência com sua família. Pense em quanto você pode gastar e no que tem disponível em casa. Leve em consideração o que parece atraente para sua família e tente encontrar um equilíbrio entre os dois. O compromisso é a chave ao começar a mudar seus hábitos de compra.
  4. 4
    Verifique os anúncios de vendas. Pode parecer contra-intuitivo fazer compras antes de cozinhar, mas você economizará dinheiro se planejar suas refeições em torno do que está à venda. Se algo está à venda por um ótimo preço, mas você não sabe o que cozinhar, procure novas e empolgantes receitas para servir sua família.
  5. 5
    Cortar / imprimir cupons. Procure em jornais e explore sites de cupons de supermercado grátis on-line para cupons para impressão.
    • Muitas vezes, as lojas oferecem cupons dentro da loja, disponíveis nos corredores e no verso do recibo.
    • Você terá melhor acesso às ofertas oferecidas se inscrever-se para receber correspondências da loja ou cartões de comprador frequente.
    • Cupons para impressão estão em toda parte, de redes sociais a lojas de manufatura. Aproveite!
    • Os cupons móveis vêm através do seu smartphone, o que os torna mais úteis e fáceis de obter do que juntar cupons. Diferentes aplicativos oferecem diferentes cupons em diferentes lojas, então seu sucesso dependerá dos mercados em sua área e de sua lista de compras.
  6. 6
    Compre menos e economize mais. Planeje um dia de compras produtivo por semana. Isso lhe dará tempo para fazer listas, verificar seu inventário e coletar seus cupons. Ficar mais atento ao futuro ao comprar vai garantir que você economize dinheiro (e tempo, gás e energia), porque você não será capaz (ou desejará) de obter aquela "coisa extra".
  7. 7
    Vá a várias lojas. Algumas lojas têm preços melhores em ovos, leite e queijos, enquanto outras são imbatíveis na seção de atacado. Outros podem ter preços melhores em papel higiênico, enquanto sua barraca de frutas e vegetais básicos pode ter os melhores preços de todos eles. Pesquise e pergunte a amigos quais têm sido suas experiências de economia de dinheiro na comunidade.
    • Aproveite as vantagens de cada loja, mas fique atento à distância entre elas. Não vale a pena economizar um pouco de dinheiro com papel higiênico quando se gasta mais com gasolina.
Leve em consideração o que parece atraente para sua família
Leve em consideração o que parece atraente para sua família e tente encontrar um equilíbrio entre os dois.

Método 2 de 4: comprando as melhores pechinchas

  1. 1
    Procure o que está na temporada. Os espargos podem custar 3,70€ o cacho durante os meses de inverno, mas podem ser encontrados por 1,50€ o cacho durante os meses de primavera. Aproveite as épocas de colheita!
  2. 2
    Comprar em grandes quantidades. Comprar a granel leva a escolhas de alimentos mais saudáveis (já que muitos são alimentos integrais), além de oferecer a você a liberdade de escolher exatamente quanto você precisa, em vez de se conformar com produtos pré-embalados que podem ser facilmente esquecidos e desperdiçados. Os itens para comprar a granel podem ser arroz, farinhas, cereais, mel, açúcares, massas, lentilhas, aveia (instantânea, laminada, cortada em aço), nozes, óleos, frutas secas, especiarias, café, chá e muito mais! Da mesma forma, você também pode comprar vegetais e frutas a granel durante a alta temporada e preservá-los para consumo posterior.
    • Se você trouxer seus próprios recipientes para a loja, lembre-se de pesá-los antes de enchê-los. Você encontrará balanças na seção de granéis ou pode levar o contêiner até o balcão para que um atendente "tare" o peso do contêiner para você.
  3. 3
    Comprar as marcas genéricas economizará até metade do custo de suas contrapartes de marca. Farinhas, açúcares, sais, nozes, grãos, feijão enlatado e vegetais são freqüentemente indistinguíveis de marcas conhecidas e custam muito menos. No entanto, evite iogurte genérico porque geralmente contém açúcar extra e aditivos que neutralizam os benefícios saudáveis normalmente encontrados no iogurte.
  4. 4
    Procure ofertas de carne e congele-a adequadamente. Quando a carne estiver à venda, estoque! Mas certifique-se de congelá-lo corretamente para evitar que seja um dreno de carteira.
    • As embalagens de mercearia não devem ser congeladas a longo prazo. Você vai querer embrulhá-lo novamente uma ou duas vezes. Se for congelar por apenas algumas semanas, um saco para freezer será adequado. Qualquer coisa mais longa do que isso requer papel alumínio, filme plástico e sacos para freezer. O objetivo é garantir que nenhum ar entre em contato com a carne.
  5. 5
    Evite alimentos processados pré-embalados. É caro e insalubre. Nos alimentos processados, os nutrientes são eliminados e a maior parte do que resta é apenas açúcar, sódio e produtos químicos. Livrar-se desses alimentos é uma grande oportunidade de incluir refeições mais saudáveis e nutritivas em seu cardápio familiar.
  6. 6
    Verifique o preço unitário de um alimento. Compare o custo entre os tamanhos pela etiqueta na prateleira. Compre tamanhos maiores de alimentos básicos (não perecíveis) se você tiver espaço e dinheiro.
  7. 7
    Monitore seus gastos. Saber quanto dinheiro você está realmente gastando no supermercado é a forma mais importante de manter seu orçamento sob controle. Não jogue fora ou recicle seus recibos. Mantenha-os, para que no futuro você possa vencê-los!
Livrar-se desses alimentos é uma grande oportunidade de incluir refeições mais saudáveis
Livrar-se desses alimentos é uma grande oportunidade de incluir refeições mais saudáveis e nutritivas em seu cardápio familiar.

Método 3 de 4: cozinhar refeições com sua família

  1. 1
    Cozinhar com seus filhos os deixa interessados em experimentar alimentos saudáveis. Embora seja verdade que as crianças são crianças e adoram petiscar, o que importa é como comem na maior parte do tempo.
  2. 2
    Asse seu próprio pão com seus entes queridos. Pão é divertido e fácil de fazer em casa, e você só precisa de alguns ingredientes simples. Procure receitas e envolva seus entes queridos. Você vai economizar dinheiro e ter uma casa com um cheiro adorável!
  3. 3
    Cozinhe refeições maiores, como ensopados, sopas e caçarolas. Fazer refeições que podem se esticar ao longo da semana irá aliviar a carga. Você não terá que pensar no que há para o jantar. Você já saberá.
    • Amplie seus horizontes! Certas culinárias, como mexicana, peruana, italiana e do sul da Europa dependem de ingredientes baratos para alimentar grandes famílias e comunidades. Apresente a sua família outras culinárias e aproveite a oportunidade para educar uns aos outros sobre novos lugares.
  4. 4
    Cozinhe com cortes de carne mais baratos. A mistura certa ou o molho certo podem transformar um corte de carne mais barato em algo inesperadamente sofisticado. Embora alguns possam ser mais resistentes do que outros (pense em um assado de ombro, assado em triângulo, alcatra redonda inferior), considere utilizar um método lento e lento de cozinhar em uma panela de barro (que pode ser comprada nova ou usada por um preço barato) para melhorar sabor.
  5. 5
    Considere ficar sem carne um dia por semana, se você não adotou uma dieta sem carne. Construir uma refeição em torno de vegetais e grãos é mais barato sem carne e é uma grande experiência um dia da semana. É bom para a saúde da sua família, para a carteira e para o meio ambiente.

Método 4 de 4: livrando-se dos extras desnecessários

  1. 1
    Não coma fora. Não faça isso. Apenas não faça isso. Existem custos ocultos que podem impedir o seu sucesso financeiro. Você está pagando pelo serviço, pela localização, pelo esforço de cozinhar e pelo lucro do estabelecimento. Você também não sabe o que há nele, então não pode controlar a quantidade de sódio, açúcar e outros fatores nutricionais da mesma forma que faz quando cozinha em casa.
  2. 2
    Compre o máximo possível de sua comida a granel. Comprar a granel não significa que você precise comprar muito. O aspecto do "volume" refere-se apenas à forma como a loja o apresenta, não a quanto você precisa comprar. Comprar apenas o necessário garante que você manterá seus itens de despensa frescos, saudáveis e com menos probabilidade de acabar no lixo.
  3. 3
    Cozinhe com a maior quantidade de comida que puder. Por ser um alimento integral, você está adicionando nutrição à dieta de sua família. Aproveite o desconto que receberá pela falta de embalagem, rotulagem ou propaganda.
    • Reorganizando seus armários para lidar melhor com seus itens a granel. A compra de alguns recipientes herméticos será útil na organização de sua despensa.
  4. 4
    Coma menos. Comprar menos e comer menos é uma maneira fácil de economizar dinheiro.
    • Cortar os lanches é uma ótima maneira de parar de comer demais e, considerando que os lanches muitas vezes podem ser alimentos pré-embalados, é também o item mais caro na lista do supermercado.
  5. 5
    Substitua quando puder. Você não precisa de pinhões para o pesto. Você pode substituir facilmente nozes mais baratas e saudáveis. As sementes de abóbora e de girassol são econômicas e podem enfeitar uma salada mais saudável e saborosa do que croutons.
  6. 6
    Beber água. Não compre refrigerante. Se você não gosta de água pura, espirre um pouco de suco ou jogue uma nova fatia de fruta nela. Isso economizará calorias e também dinheiro.
  7. 7
    Desenvolva um plano de refeições. Faça um inventário e planeje suas refeições com antecedência. Isso ajudará a eliminar corridas de última hora até a loja, onde inevitavelmente gastará o dinheiro que poderia ter economizado. Também reduzirá o estresse e o caos que podem ocorrer durante as refeições.
Pode parecer contra-intuitivo fazer compras antes de cozinhar
Pode parecer contra-intuitivo fazer compras antes de cozinhar, mas você economizará dinheiro se planejar suas refeições em torno do que está à venda.

Pontas

  • Não restrinja a comida, especialmente para crianças. Isso pode ter um efeito negativo sobre o crescimento e o desenvolvimento. Em vez disso, enfatize a grande variedade de alimentos saudáveis, como frutas e vegetais e grãos inteiros, evitando alimentos pré-embalados e processados.
  • Mantenha sua despensa e geladeira em boas condições de funcionamento. Mantenha um bloco de papel e uma caneta por perto para anotar o que for necessário.
  • Use o que você tem! Quantas latas estão empoeiradas e sem uso enquanto juramos que não há migalhas em casa? Aproveite o que você tem e crie refeições para seus entes queridos.
  • Compre um rolo de fita adesiva para datar os alimentos que está guardando no freezer e na geladeira. Manter o controle das datas de validade o ajudará a priorizar o que precisa ser comido e quando.
  • Aprenda a congelar alimentos. Passe por cada semana e coma o que tiver. Reaproveite suas sobras quando puder.

Avisos

  • Em caso de dúvida, jogue fora. Se você não tem certeza se o alimento é seguro, não o coma. Além disso, reaquecer alimentos contaminados não os torna seguros. Não experimente alimentos suspeitos, mesmo que pareça bom.
Aviso Legal O conteúdo deste artigo é para sua informação geral e não se destina a ser um substituto para consultoria jurídica profissional ou financeira. Além disso, não se destina a ser invocado pelos usuários na tomada de quaisquer decisões de investimento.
Artigos relacionados
  1. Como definir um orçamento de casamento realista?
  2. Como Vender Camisetas Online?
  3. Como consignar?
  4. Como vender um piano usado?
  5. Como vender perfumado?
  6. Como vender itens caros?
Este site usa cookies para analisar o tráfego e para personalização de anúncios. Ao continuar a navegar neste site, você indica que aceita o uso de cookies. Para mais informações visite nossa Política de Privacidade.
FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail